Música!

domingo, 18 de outubro de 2009

Dias

Esses dias cheios de caos ainda vão encher o céu de lindos cometas.

Ao anoitecer a mínima luz se sobressai na escuridão. É preciso dizer das estrelas que permanecem iluminando o nosso caminho. Pessoas luz que vão em frente, sempre a frente do pensamento mesquinho e limitado que nos habituamos. É preciso lembrar e acreditar numa vida ou numa morte transcendental. Não há loucura nisso, pela primeira vez uma verdade: é a fé que salva, ela que “move montanhas”. Sabe o tempo vai passando e vamos apenas caminhando, mas é preciso voar alto e longe. Decolar como almas livres do medo, respeitar as coisas vivas, nos unir em um manto de amor. É preciso rir ao tropeçar e deixar ser serenamente o riso. Secretamente amar o som, as pessoas, as nuvens, a natureza e principalmente se apaixonar pelo caminho. Passo após passo, é preciso sentir cada detalhe do que nos toca. É preciso aceitar os presentes do universo, deixar a felicidade entrar. Mas também vivenciar a tristeza até o fim, mergulhar na saudade, na dor, na desilusão e aprender sempre. Nem tudo passa, a maioria permanece em forma de lembrança. Não é mentira se acreditas e não é verdade se duvidas. Mas acima de tudo isso existe algo mais, por vezes impossível por agora, mas ao caminhar vamos nos aproximando desse puro, eterno, incondicional amor.

Nenhum comentário: