Música!

domingo, 9 de maio de 2010

Delírio (ou simplesmente um pedido de paz)


Luz encoberta de solidão 
destinada ao vazio.
 
Dança sem passo nem caminho.
Os olhos ardem no infinito 
sem explicação, nem ternura
é mais que nada.

Tudo o mais é invenção!

2 comentários:

Paula disse...

Simplesmente espectacular. (:

Luiza M. Nogueira disse...

:)