terça-feira, 1 de junho de 2010

Do devaneio


Não irei a lugar algum, fico quieta no devaneio e firmo o vôo cada vez mais distante. Divino o ar e mais além. Devaneios de todos os lados e mentiras a parte, os sinais estão presentes por aí, em qualquer lugar o amor paira. E lá e aqui e em todos os lugares reina o instante no coração que basta acolher, faz lar do espaço vazio e preenche com  o delírio. Conectar-se com algo que paira. Parece que toda manifestação da mais pura arte instiga, dá a conhecer a simplicidade e desperta muitas perguntas e poucas as respostas que nos aquietam. O caos chega sempre sem avisar e então a loucura se instaura para aqueles instantes repentinos de lucidez que se mistura nos amores, nas dores e na união do tempo vivido, sonhado, amado, (passados, presentes e futuros). Basta sair da corda bamba que já me perco novamente sem volta, mas a imaginária corda bamba me auxilia no caminho para casa. Passo após passo invento, expando e espalho o que houver. É perfume agora de alegria repentina, sem explicação. Sonhei demais o dia inteiro e então voei na imaginação. Dancei sem sair do lugar. Agora pouso a lembrança na eternidade, registro uns sorrisos e alguma música da alma que seguia pelo ar, ao transformar das nuvens, no anoitecer. Pores de sol em hiatos de tempos. Lembro os sentidos todos em arrepio ao aproximar da batida do teu peito em sincronia com o meu coração. Os corações, o silêncio e as palavras. Mistérios são esses versos silenciados pela eternidade que em cada instante ensina. Cada um magnífico, dança em toda parte no prazer. Talvez células, átomos, seres de luz onde o amor paira livre no vôo da alma. São momentos que estive ao lado do amor e então voltei pra contar um pouco da vantagem do devaneio. Ir além, tocar a alma e preencher a vida com amor. Escuta, inventa , acolhe, preenche, expande e espalha. E depois é sorriso, é melodia, é vida.

2 comentários:

Assis Freitas disse...

dar folga à razão e deixar-se embalar.

abraço

Luiza M. Nogueira disse...

razão? onde? desconheço.

:), bj.