Música!

quinta-feira, 24 de junho de 2010


enquanto finjo
que não espero, anseio
cada pôr do sol


quando a noite
lhe beijar todo corpo
ame-a também


o mar ainda
tem brilho, barco, peixe
onda, pedra, luz




flor, sol e sombra
chamados e desejos
céu, ar e vento


cresce,  floresce
cada semente sente
 sinto se muito

 de vida breve
versos vivem no olhar
flores se pores


5 comentários:

Paula disse...

sua poesia +.+

Luiza Maciel Nogueira disse...

Paula: obrigada querida

nydia bonetti disse...

amei teus haicais. especialmente o primeiro. é mesmo assim. a gente finge... Beijos.

José Carlos Brandão disse...

O mar brilha nas pedras, ondas, espumas, barcos, peixes, flores
de água... O mar é pura poesia.

O mar na sua poesia, Luiza.
Beijo.

Luiza Maciel Nogueira disse...

Nydia: :) beijos.

José Carlos: a vida que é cheia de poesia, quem ama escuta. beijos.