Música!

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Paraíso

(Paraíso - por Luiza Maciel Nogueira)



o paraíso é ao lado
do imenso mar
mergulhado
em um barco a vela
ao apreciar o nascer do sol
lá no início do horizonte
o paraíso é lá
lá longe o paraíso





9 comentários:

Lídia Borges disse...

Um poema lindo: azul bordado a ouro..."lá longe"...

Um beijo

L.B.

Ribeiro Pedreira disse...

uma distância inalcançável sem poesia.

Tania regina Contreiras disse...

Mar mergulhado num barco...Espetacular a imagem...
Beijos

Alice disse...

é pra lá que vou. voo.

seus desenhos me encantam! =)

Assis Freitas disse...

interessante como o poema vai distanciando o seu objeto,

beijo

Vanessa Souza Moraes disse...

Já o inferno são os outros, dizia Sartre, rs.

Luiza Maciel Nogueira disse...

esse é um poema irônico! é claro que o paraíso é uma ilusão

beijos

Jorge Manuel Brasil Mesquita disse...

DO PARAÍSO NADA SEI
A NÃO SER DO PLANETA
ONDE NEM TUDO É LEI
PARA LHE SALVAR A CANETA
QUE LHE ESCREVE VERSOS
E LHE APONTA OS EFEITOS
DE QUEM LHE FAZ OS REVERSOS
DE QUEM LHE PROVA OS DEFEITOS
QUE AS MÃOS HUMANAS
PINTAM COM PINCEIS DE NADA
COMO SE FOSSEM DESUMANAS
NO TEMPO QUE O DEGRADA.
DO PLANETA EU PRECISO,
ESTE O MEU PARAÍSO.
Jorge Manuel Brasil Mesquita
Lisboa, 26/08/2010

Tânia Souza disse...

as vezes, parece que a poesia nos leva mais pertinho do paraíso, essa poesia é assim, gostei do blog.