Música!

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

A Poesia de Úrsula Avner

todos os versos escritos pela poetisa Úrsula Avner
me sinto honrada de poder ilustrar algumas das suas lindas poesias!





(Rochas no mar - por Luiza Maciel Nogueira)


*Poema (re) visitado*

"percorro as fibras do poema
como quem lava em açude
o rosto descamado
como quem vê amiúdeo mar esbravejar
e lanço rimas ao ar


alinhavo palavras
que não se avizinhavam
corpos estranhos
não se aninhavam


visto-me de sol
até a lua enciumar
colho estrelas com anzol
lanço versos ao mar"




(por Luiza Maciel Nogueira)


*Fuga*

"menina sonhou que podia voar
passarinho quis lhe ensinar
conversa vai conversa vem
menina entendeu tudo bem
na hora de alçar o voo
menina não quis tentar
em vez de aprender a voar
menina correu para o mar"

 




*Dançante*

"poesia
vestida de flor
brinca de aveludar
meus sentidos
aguça os ouvidos
quando ouço
canto de beija-flor"




escrito por Úrsula Avner

8 comentários:

Fred Caju disse...

Não conheço a potisa, mas se você a ilustra seu que passou no ISO 9001.

Assis Freitas disse...

encontro profícuo, duas poetas de imagens,


beijo

Tania regina Contreiras disse...

Belas ilustrações, Luiza, para não menos belos poemas: parabéns!
Beijos

Gaby Soncini disse...

Sonhei com as palavras e com as ilustrações.
Maravilhoso!

Grande Beijo.

AC disse...

Luiza,
Os seus desenhos são deveras sugestivos, a que os belos poemas da Ursula fazem a devida justiça.

Beijo :)

Úrsula Avner disse...

Oi Luiza,

muito grata pela adorável homenagem.Que bom que tem apreciado os poemas. Seus desenhos são belos e me impelem a escrever cada vez mais... Obrigada pela oportunidade da parceria. Bj.

Non je ne regrette rien: Ediney Santana disse...

fui cá lendo os teus poemas tão cheios de levezas...

Marcio Nicolau disse...

tidos desta forma os sentidos são mesmo aveludados.