Música!

terça-feira, 3 de agosto de 2010

Vilarejo


- Exercício de criação 1 proposto pelo poeta Edson Bueno de Camargo do blog Gambiarra Literária .


Vilarejo dos anos dourados.
Pais, crianças, adolescentes, adultos, idosos.
Pessoas muitas, brincadeiras tantas, leituras várias.

As pequenas violências cotidianas.
As ternuras do dia a dia.
Espaço de vidas.
Algumas já findas.

Nostalgia, tristeza e bagagem.
Vida e miragem.
Perfume a lembrança e saudade.
Viagem omito o tão distante.

Paredes, muros, revoltas.
Conformação.
Do dia os instantes.
Da vida os inventos.

5 comentários:

José Carlos Brandão disse...

Viva, Luiza. E o seu texto é alegre. Acabei fazendo, sem querer, um texto pesado. Você me aliviou, a sensação sensação que você transmite é de paz, tranquilidade.
Um grande abraço.

Assis Freitas disse...

belo exercício,


beijo

Francisco de Sousa Vieira Filho disse...

Vil-arejo não, que arejar não é vil nem vão... ;)

Belíssimo!

Edson Bueno de Camargo disse...

belo poema, virão outros exercícios, acompanhem o blog. Sugiram.

Augusto César de Alencar disse...

Tenho muito o que aprender. Fiz o exercicio 2 lá do blog, o primeiro eu já escrevi, mas ainda não publiquei.