sábado, 6 de novembro de 2010

Muito feliz com os convites aceitos!! - Versos: o encontro dos olhos

(imagem por LuizaMN)



"ela era estrela
ele era sol
se tocavam brevemente quando pássaros voavam"

escrito por Fabio Rocha






“estrelas
são pássaros de sol
tatuadas
na pele da noite
quando o céu é azul”


Escrito por Ribeiro Pedreira



 



"Lições..."

(... ) atração magnética ia muito além das aulas do colégio. A presença dela o paralisava. E ele queria desenhar todo seu futuro, juntos, a partir dali. Mediu as possibilidades; calculou os erros; considerou o horóscopo, cor da roupa, pernas cruzadas, olhar de soslaio, direção do vento e calou insegurança. Se tal silêncio nos afasta, qual palavra nos aproxima? E decidiu arriscar um "oi!".

Escrito por Guilherme C. Antunes




 


"Encontros, (des)encontros e (re)encontros - fé em dias mais amanhecidos "

" - Engraçado, eu nunca havia acreditado muito em breves encontros que mudam uma vida - divaga Luísa.
- Para mudar uma vida, tem que ter encontro. E eles começam pequenos, porque o começo é assim, é começo, nem meio nem fim, mas já é a ponta da linha que se arrasta - diz Bê".

(Cadernos de Luísa, Vanessa Souza Moraes)

***
escrito por Vanessa Souza Moraes





Versos de pele: o sol e a noite

o olhar já não se distingue da pele
o sol faz luzir a noite
estrelada pela escuridão profunda
no destino da boca cessa o céu
enquanto o sol ainda aquece
a noite viva do olhar


escrito por Luiza Maciel Nogueira

8 comentários:

Luiza Maciel Nogueira disse...

Ribeiro: fico sempre muito feliz de poder ler tuas palavras poéticas e nesse caso mais feliz ainda de aceitar o convite para a imagem. Acho que sempre captas muito bem com singelas palavras e essencial da coisa. Beijos!

Guilherme: Bom, o silêncio tem sempre a dizer algo...nem que seja um simples "oi". Fico feliz por ter aceitado o convite e espero conhecer mais das tuas palavras lá no teu espaço. Beijos!

Zélia Guardiano disse...

Querida Luiza
Que bela postagem você nos oferece!
As maravilhas escritas pelo Ribeiro eu já conhecia, de maneira que encantou-me o fato de encontrá-lo também aqui!
O Guilherme , ainda não conhecia, e já me tornei, agora, fã de carteirinha!
Parabéns aos dois! Aliás, aos três!
Abraço, minha amiga!

Guilherme disse...

Olá Luiza,
Agradecido fico eu pela oportunidade de compartilhar o que é bom e por escrito, aqui, com você. O silêncio é quem mais nos diz, é prenúncio de possibilidades tantas que se encerram na vida nossa. E que vocabulário nenhum, pode traduzir. Um beijo, e volto sempre! ;)

E agradeço também ao carinho da Zélia. :)

Alice disse...

Luiza, tudo muito lindo por aqui! Cabe até, talvez, o que se pode chamar de inspiração:

eram duas estrelas
separadas pela lua-
no mesmo céu.

Beijos!

Assis Freitas disse...

palavras vão ao encontro das imagens, carnaval poético


beijo

Luiza Maciel Nogueira disse...

Fabio: Muito obrigada por aceitar o convite para versar através da imagem - as tuas palavras dizem do que é peculiar no desenho. Beijos.

Luiza Maciel Nogueira disse...

e com a inspiração de todos os convites pude desabrochar algumas palavrinhas também! Obrigada a todos os convites aceitos. Beijos!

Lara Amaral disse...

Ao nosso toque, refletimos nossa luz, tão própria de cada um.

Lindo desenho, lindo, lindo!

E os poemas todos ficaram ótimos!