Música!

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Paz


(Alados - por Luiza Maciel Nogueira)




tudo que interessa 
é pousar nas nuvens
sentir a brisa do mar
debruçar os olhos na paisagem
beber a chuva quando ela assim chegar
assistir o nascimento das ondas
dançar com as nuvens
já basta tudo isso
não me interessam guerras
não bebo sangue





7 comentários:

Ana SS disse...

é preciso a turbulência, para que a paz apareça.
:)

Leonardo B. disse...

[a nossa herança maior, o que herdámos da passagem das nuvens, a forma como cada pedaço de centelha em nós dança]

um imenso abraço, Luiza

Leonardo B.

Assis Freitas disse...

pai, afasta de mim esse cálice



beijo

Lara Amaral disse...

Nem eu, prefiro me embriagar de cores e versos.

Beijo!

Marcantonio disse...

Eles estão como que deitados sobre nuvens-asas! Observando o nascimento das ondas de paz.

Beijo, Luiza.

Suzana Martins disse...

E só de sentir o cheiro das nuvens já penso na poesia do ar...

Abraços

Cris de Souza disse...

brindo-te!

seus alados me deixaram nas nuvens...

beijos e beijos.