terça-feira, 15 de março de 2011

(...)*


(infinda lágrima
raio de tempestade
pele desvela canto
desencontro sem fim
menino lindo
abre seu sentir
o tempo em silêncio
desfolha as rosas 
em forma de oração

por Luiza Maciel nogueira)



4 comentários:

Noslen ed azuos disse...

Nuvem negra
mãe que chove feito
o choro dos filhos tristes.

Bonito desenho Luiza, bjs
ns

Sandrio cândido. disse...

Gostei dos dois ultimos versos,me fizeram refletir.

Suzana Martins disse...

Forma as palavras no silêncio do encontro de versos tempestuosos...

Beijos

Assis Freitas disse...

tão cálidos os versos, tem gosto de canção



beijo