segunda-feira, 25 de abril de 2011



(Poesia III - por Luiza Maciel Nogueira)



quando tudo é poesia,
luz, energia, oração
saberão os olhos do amor?
o tempo dirá




8 comentários:

jake disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ana disse...

poesia Lú

bjs

Leonardo B. disse...

[palavra, o motor primeiro do relógio de cada dia, e com ele o peito que reclama, o que do tempo se dirá]

um imenso abraço, Luiza

Leonardo B.

Jorge Pimenta disse...

e o tempo não mente. o homem quase nunca, também.
beijinho, querida amiga!

Sandrio cândido. disse...

[ a palavra por si mesmo basta, mas o amor não pode apenas ser palavra, então o que é o amor senão amor?]
abraços luiza

Suzana Martins disse...

Quando tudo é poesia o tempo melhora o olhar...

Lindo!!

Beijos

Anônimo disse...

Quando escutamos o coração dificilmente erramos, pois é ele que sabe a lingua do amor e suas poesias...
linda a ilustração e poema!!

Bjs
Renato

Assis Freitas disse...

os olhos sempre sabem os caminhos, embora não apontem


beijo