Música!

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Madrugada



ternura em flor
amor
despir o silêncio 
numa prece
só tua 
meu sonho
tem afeto
bruto verso
poesia nua




9 comentários:

José Carlos Brandão disse...

luz
ternura
poesia

Suzana Martins disse...

A poesia nua num sonho de versos...

Beijos

Assis Freitas disse...

o silencio sem vestes, límpido


beijo

AC disse...

Luiza,
Deixe-me aplaudir a sensibilidade e a delicadeza desta postagem. Belo!

Beijo :)

Sam disse...

Simples e belo.
Vibrante em cor.
Meu carinho.
Samara Bassi

Ana disse...

tá tudo aí né Lú, um sentimento doce que só você tem nas palavras mais ternas que já vi

beijinhos

Celso Mendes disse...

poesia nua, poesia pura.

Belo!

Catia Bosso disse...

A praticidade faz com que seus versos sejam lidos com suavidade... bj.

Jorge Pimenta disse...

como a água translúcida!