quarta-feira, 20 de abril de 2011

Um sonho, apenas um sonho




- É um sonho Fábio, não é realidade. E talvez fosse melhor permanecer apenas como sonho, nada mais...
- Você tem um medo da realidade Mia.
- Não é medo, é realismo. O sonho sempre será melhor que a realidade.
- Ah, então é por isso que você não é feliz.
- A minha felicidade é sonhada. Não tenho pretensão nenhuma de realizá-la, mas as vezes eu acho que o sonho existe e vou atrás, mas é só um sonho. A minha realidade não banca esse sonho.
- Você é doida, sabia?
- Sabia.





2 comentários:

Celso Mendes disse...

Muito interessante esse texto. O sonho acaba sendo a realidade dela. Muitos questionamentos podem surgir daí: Mulheres seriam mesmo mais sonhadoras? Fugir da realidade é mais seguro? Transformar um sonho em realidade é necessário ou desejável? Bom, independente das respostas, é uma pequena crônica muito gostosa, que me lembrou um pouco do grande Veríssimo.

abraço!

Jorge Pimenta disse...

"- você é doida, sabia?"
- sábia! :)