Música!

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Da escrita


(árvore em brio - Luiza Maciel Nogueira)



O canto da palavra no vazio,
enche de pauta o céu,
prece de anseio, lar azul
planta sementes nos olhos.
e se houver amor
o canto cresce feito flor
depois (e)terno será
em oração...

(se Deus quiser)



*reflexão sobre o escrever publicado no grupo Diálogos Poéticos


2 comentários:

MIRZE disse...

Lindo, Luiza!

TUDO! Pintura e poema! Tenho pensado tanto em árvores e encontro esta maravilha aqui!

Beijos

Mirze

P.S. Coloquei o haicai que fez para mim na exposição do meu lampejo.

Tania regina Contreiras disse...

Mui belo, Lu! rs
Duplamente belo sempre, palavras e cores...
Beijos,