quinta-feira, 18 de agosto de 2011

se eu não acordar com um sorriso



se eu não acordar com um sorriso
talvez eu perca muitos outros sorrisos


Sorriso

(arte por Andrea Benetti)




9 comentários:

Mima disse...

Que preciosa dedução.

Bjo

Por que você faz poema? disse...

"A sorrir
eu pretendo levar a vida
pois chorando
eu vi a mocidade
perdida"

Sandrio cândido. disse...

mas as vezes é bom

Suzana Martins disse...

e, perdendo os sorrisos, perco parte de mim...

beijos

A. disse...

A verdade é que o sorriso é um motivo para sorrir!... Verdade, também, que nem sempre o motivo é motivo, ainda que nem sempre o não fosse ou deixasse de o ser, pelo que a força do sorriso advém de outras forças que não estão sujeitas a qualquer esforço, mas à natureza das relações, do convívio, do bem-querer, do bem amar e ser bem amado… da prestação útil ao próximo e semelhante e … a quem de nós precisar!... Assim, em paz e felizes com nós próprios, por saber felizes aqueles a quem ajudamos a saber encontrar um pouco de felicidade, somos compensados com um acordar iluminado por um Sorriso!... Que deverá ser contagiante!...



Abraço

Jorge Pimenta disse...

que a boca se torne imensa a cada despertar!
um beijinho e dois sorrisos, luíza.
p.s. e, sim, eras tu a luíza citada no viagens, obviamente :)

dade amorim disse...

Grande verdade, nada justifica acordar de mal com a vida.
Beijos.

Rabisco disse...

Ou talvez os recuperes todos logo de seguida.

Bjs

http://www.rabiscosincertossaltoemceuaberto.blogspot.com/

Cris de Souza disse...

Reflexo!

Beijo sorridente, querida lu-minosa.