domingo, 25 de setembro de 2011

Prece de ensaio

virá para teus olhos 
 sementes de encanto 
ressoarão entretantos 
como pequenos espantos 
preces de silêncio 
a música dos ventos 
o repente do sol 
a oração da chuva 
o canto dos pássaros 
o sussurro da noite 


 estará inteiro e atento 
para escutá-las?







3 comentários:

Sônia Brandão disse...

Há olhos que se fingem cegos para não enxergar essas sementes de encanto.

bjs

MIRZE disse...

Belíssimo!

Sementes de encanto e todo o poema de uma beleza ímpar!

Parabéns!

Beijos

Mirze

Lou Albergaria disse...

nem inteira nem atenta, mas disposta sim...


Encantado seu espaço! Quanta beleza, quanta arte! Saio daqui melhor e mais iluminada!


Beijo imenso!