domingo, 18 de março de 2012

Haicais da madrugada vivaz


cometas silenciam
os bailes da noite
em revoluções de amor

noite longa, madrugada vivaz
a escuridão do azul
cobre o céu de sonhos

a imensidão desse instante
tem a intensidade do amor
da ternura e da beleza


4 comentários:

Assis Freitas disse...

a imensidão é tão grande na sílaba do verso,


beijo

Adriana Karnal disse...

Luiza,
imenza.

Mirze Souza disse...

Imensa é tua luz, Luiza!

Beijos

Mirze

Cris de Souza disse...

Vivíssima!

Beijo, Luz luzinha*