quinta-feira, 1 de março de 2012

Veja com seus próprios olhos


"veja com seus próprios olhos"
dizia um bruxo na beira do precipício
e essa frase ecoava durante toda eternidade
nos meus pobres ouvidos
enquanto observava pessoas
indo e vindo como máquinas
sem sentir poesia, sem sentir amor

4 comentários:

byTONHO disse...



Li e senti com meus próprios olhos!

:o)

Jorge Pimenta disse...

raramente os olhos veem o que o coração sente...

beijinho!

Celso Mendes disse...

adorei, Luiza! reflexivo, sintético e crítico.

beijo.

Luiza Maciel Nogueira disse...

foi um sonho que tive estes dias, quase um pesadelo.

beijo nos três