Música!

sexta-feira, 18 de maio de 2012

Qual verso mágico...

qual verso mágico abrirá as janelas
para iluminar nossos pensamentos?
qual poema fará dançarem luzes
no seio de toda esperança?

a prece de um silêncio sem fim
abrirá as portas que escolhes
na casa onde moras
acende a luz...

12 comentários:

Willy. disse...

Creativefantasieexpressionistic piece of art!

Jorge Pimenta disse...

o silêncio como verso mágico a encantar todas as estrelas e alguns olhares.

há poucos lugares como este teu onde a harmonia de cada post é, em si mesma, linguagem ela mesma.

beijos, luizita!

Por que você faz poema? disse...

O Silêncio, ainda, é
o melhor poema.

"... e toda vez que falta luz
o invisivel nos salta aos olhos"

Assis Freitas disse...

fiat lux: com a mágica da sílaba



beijo

Ricardo António Alves disse...

Eu amo o seu traço, Luiza -- e as suas cores.

Leonardo B. disse...

[sentir a palavra como quem respira, e o verso acontece como à luz que se derrama dia...]

um imenso abraço, Luiza

Leonardo B.

Verso Aberto disse...

quando abrem-se portas e janelas
é a casa da palavra que ilumina o dia

como seu belo verso mágico

abração

Fred Caju disse...

Suponho que a resposta esteja fora da poesia.

Bípede Falante disse...

Luminoso, explosivo e acalentador.
Adorei ambos: desenho e poema.
beijoss :)

Daniela Delias disse...

Lindo.

E a imagem? Dá vontade de sê-la.

Bjo

Anônimo disse...

muito lindo esses versos,
parabens!!

beijos

Renato

Adriana Aleixo disse...

Lindo, lindo, menina-poeta-artista!

Bjo e saudades!