segunda-feira, 11 de junho de 2012

Pudera ser tempo


o absurdo ressoa lindo
pudera ser tempo
de passarinhar
em vôos matutinos
intergaláticos paradisíacos
cantar até a madrugada
sem medo da escuridão


6 comentários:

Assis Freitas disse...

passarinhar é idílico, pleno de voos




beijo

Bípede Falante disse...

Oh, Luiza, senti um pouco de sol nessa manhã tão nublada :)

Beijoss

Cristiano Marcell disse...

LINDO!!!!!!

Mirze Souza disse...

Como sempre BELO DEMAIS!

Um voo assim, preciso voltar a ter.

Beijos

Mirze

AC disse...

Passarinhar é bom, mas não gosta de teias.

Beijo :)

Luiza Maciel Nogueira disse...

AC - nem teias, nem gaiolas, nem respostas duvidosas - comigo é preto no branco (rs)

beijo