terça-feira, 25 de setembro de 2012

Para esquecer

é madrugada
e já não sei o que dizer
palavras não alteram teus olhos
não fazem com que me beije
nem me acalente nesta noite
um resto de ternura por favor
para sonhar que ainda existe
espera que seja ao final encontro
ridícula, continuo a sonhar infinitudes
nos teus lábios, na tua pele
em tudo ao redor de ti,
mas deixo morrer a palavra
que não chega nos teus olhos
o poema que preciso desesperadamente
esquecer...

9 comentários:

Assis Freitas disse...

é mais fácil esquecer a carne que as palavras,



beijo

Tania regina Contreiras disse...

Palavras ecoam para sempre. Adorei o desenho...
Beijos

Marcelo R. Rezende disse...

E acho que o seu poema deveria se chamar "para lembrar", porque nos traz uma infinitude de lembranças, incrível a capacidade que há de se vivenciar tudo, com tantas pessoas em tão poucas linhas.

Parabéns, Luiza!

(detalhe que amei a ilustração)

Bípede Falante disse...

Oh, Luiza, essa série com pássaros e lágrimas está tão tocante.
Beijoss

Thuan Carvalho disse...

Não é bem esquecer, é mais se lembrar do que foi bom.

Acho que o desenho responde as palavras com maestria.

- A Lua na cabeça; a mão aberta, representando a liberdade; os pássaros livres, voando se quiserem, pousando por querer; e a chuva.

[porque sem dor não vale!]

;*

Cris de Souza disse...

Esquecer costuma ser um exercício bem lembrado...

Beijo, Lu!

AC disse...

O nosso percurso é o somatório de muitos momentos, muitas vezes incoerentes.

Beijo :)

LauraAlberto disse...

esquecer nem sempre é o mesmo que não lembrar

[as tuas ilustrações não podem andar separadas dos teus poemas, uns alimentam os outros na perfeição...]

beijinho

Fanzine Episódio Cultural disse...

LANÇAMENTO DA REVISTA DO CINEMA MACHADENSE (1911-2005)
(Machado Town´s Cinema History Release 1911-2005)
http://www.youtube.com/watch?v=msoR2iUr-8M

===============================================
MINHAS OBRAS CULTURAIS
(My cultural works)
http://www.youtube.com/watch?v=5gyGLdnpuvQ

==============================================
EPISODIO CULTURAL ENTREVISTA GISELE FERREIRA (Feira Nacional do Livro de Poços de Caldas-MG/Brasil)
Cultural Episode Fanzine interviews Gisele Ferreira from the (National Book Exposition in Poços de Caldas Town-MG/Brazil)
http://www.youtube.com/watch?v=jIQ_LE6qCfU

=============================================================
PESADELO PSICODÉLICO (meu primeiro curta-metragem)
(Psychodelic Nightmare) my first short film
http://www.youtube.com/watch?v=jIQ_LE6qCfU


==