quarta-feira, 17 de abril de 2013

Eu vi um fantasma


eu vi um fantasma
que tinha os teus olhos,
teu sorriso, tua pele
era doce e me procurava
seus olhos eram de sombra e noite,
da madrugada mais densa
eu também parecia com alguém
que ele já conhecia
todos nós parecemos com alguém
alguém que já se foi
alguém que já não volta mais
na história das minhas retinas
eu vi tantos fantasmas
que se pareciam uns com os outros
que quase os confundi
contigo que nunca conheci
acho que nunca sequer te vi
mas todos esses fantasmas
se parecem contigo
e quase sempre me assusto
quando os vejo
tenho uma coleção de fantasmas
que parecem a mesma pessoa
todos com diferentes nomes
diferentes vidas, diferentes faces
mas tão iguais



2 comentários:

Assis Freitas disse...

os fantasmas que nos habitam são tão reais, nenhuma ficção daria conta



beijo

Tania regina Contreiras disse...


Serão fantasmas? Semente de gente que um dia virá a existir. Bela arte, Luiza!

Beijos