quinta-feira, 4 de abril de 2013

Pedaço de ilusão


eu vi um pedaço de ilusão
através do teu coração
e amei a mentira mais bela
a máscara das eras
minha fera
quis matar a ilusão
ah, o início da ilusão
tem um pedaço do coração
que ora pelo sentimento que vigora
Paixão!
"fogo que se arde sem se ver"
na tela do precipício
no mar da enchente que transborda
na chuva que cai e não molha
num pedaço, lá no fundo
onde o tempo esquece de passar
num pedaço, lá no fundo
onde o vento faz sua prece
sussurrando a lembrança
esperança que traduz
o silêncio de quem partiu
o nosso coração
que se esvaiu numa simples ilusão
numa estória que a memória
um dia vai esquecer que existiu

*imagem meramente ilustrativa

5 comentários:

dante disse...

Isso é uma letra de música ou somente poesia lírica? Muito bonita.

Assis Freitas disse...

muito belo
muito embora
de se ir



beijo

Tania regina Contreiras disse...


Muito forte Lu. Muito potente. Poema e tanto.

Beijos,

Tania regina Contreiras disse...


Muito forte Lu. Muito potente. Poema e tanto.

Beijos,

Marcelo R. Rezende disse...

lindíssimo,
tudo vai com o vento.
acho lindo a gente poder esquecer.
é redentor.

beijo