terça-feira, 21 de maio de 2013

Poema de pó ou outra coisa qualquer

é sempre silêncio quando se inicia um poema
é sempre urgente o poema que surge do silêncio
mesmo sem saber fazer poema
do silêncio que urge nos ouvidos

toda palavra tem a sua pequena liberdade
que voará em outros olhos, 
atravessará outra dimensão
pode se transformar em pó, pássaro, flor  
ou outra coisa qualquer

dentro das coisas qualqueres
existem os máximos e os mínimos da liberdade
mas um poema deve ser oco para ressoar
deve ter um vazio de quem escreve
seu último suspiro 


*

10 comentários:

Verso Aberto disse...


"um poema deve ser oco para ressoar
deve ter um vazio de quem escreve"

podemos voltar pra casa
tudo está dito aqui

parabéns Luiza

Assis Freitas disse...

este final é de torar, demais



beijo

Tania regina Contreiras disse...


O oco que se preencherá com olhares de quem lerão o poema. Belo poema, Lu!

beijos,

Fred Caju disse...

Porra, Luiza... Cada verso dá muito o que pensar. No primeiro paralisei, no segundo também. Aí percebi que teria que pausar o som que estava ouvindo (e olhe que era Luiz Bonfá com Seville), pois vi que seu poema exigiria de mim o máximo de respeito possível. Há uma metalinguagem bem sofisticada nele, do jeito que gosto. Meus parabéns por ele e grande abraço.

D.Everson POETA DE MARTE disse...

Poxa! Um dos poemas mais lindo que já li por aqui prezada. =*

Cris de Souza disse...

Arrebentou!!!

Beijo, Luluzinha*

vanessa carvalho disse...

gostei.

flores.

Clarice Villac disse...

Oi, Luzia !

Seu belo poema e o igualmente belo desenho estão no ar agora, na página do Palanque !

http://www.facebook.com/photo.php?fbid=509439439110955&set=a.239446179443617.73339.238352519552983&type=1&theater

Feliz final de semana !
:~)

Rabisco disse...

Olá!
Esta é a página do Facebook do meu novo livro de poesia "Em Teus Olhos Seria Vida".
Gostava de poder contar com o teu "gosto" na minha página.
Obrigado!

www.facebook.com/EmTeusOlhosSeriaVida

ou em:

poesiafaclube.com/store/josé-manuel-pereira-"em-teus-olhos-seria-vida"

=)

LauraAlberto disse...

Que fim!!!
O oco se enche , transborda

Beijinho