Música!

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Diante de todos os segredos

diante de todos os segredos
a poesia permanece
inclusive no silêncio
e isso é o que nos salva

o movimento da vida
a dança do repente de um futuro
presente em cada pedaço de vida
em cada ínfimo
e é isso que nos salva 
apesar de tudo

o que passa, passou feito pássaro, 
como dizia o poeta
que venha o futuro num repente
num abraço do que há de vir
na entrega do presente

saiba disso
e eu sei que você sabe
mas é importante lembrar
que a vida tem dessas coisas
de nos fazer esquecer de viver


terça-feira, 8 de outubro de 2013

Poema de um enigma só

a solidão é uma faca cravada com uma rosa
delírio quase impossível de se ver
estrada rumo ao vazio que se preenche de ilusão
que de repente como que por magia
a solidão no vazio é cheia de mentiras que se querem verdades
que se quer vaidade, que se quer amor
ninguém sabe da mentira que o outro cria
da mentira nossa de cada dia
do filme que na cabeça se fia