domingo, 30 de março de 2014

Sobre alguns palhaços VI



Quando tudo parece fluir com o ritmo da nossa respiração para encontrar a liberdade, a felicidade de estar vivo na dança etérea da vida, a música da respiração em sintonia com o movimento. Meditação em movimento. Inspirar o prana do contentamento isso é Yoga.

4 comentários:

AC disse...

Luiza,
Neste desenhar tão vivo e contagiante, vê-se que está de bem com a vida. Óptimo!

Beijo :)

Thuan Carvalho disse...

depois de o bêbado e o equilibrista, o palhaço equilibrado.

boas vibrações!

Vieira Calado disse...

Ah, se o yoga curasse o mal que assola este país!...
Saudações poéticas!

AC disse...

Os palhaços que todos deveríamos ser...

Beijo :)