domingo, 30 de novembro de 2014

Abro as cortinas de tantos mares

abro as cortinas de tantos mares
as ondas percorrem caminhos
Ondulações no ser, nos seres, 
vibrações no mar
confusões de mar
Nada é o que parece
As coisas, os seres são mais 
do que jamais 
conseguiríamos imaginar
dentro de um olhar 
mora todo um mar

(Desafio de imagem Tania Contreiras)

Arte:Silvia Marieta 

Nenhum comentário: