terça-feira, 13 de outubro de 2015

Quando te vejo

quando te vejo 
é como ter visto mil sorrisos de crianças
é como ter provado do abraço mais doce
é como ser mil vezes beijada
é como ter o infinito nas palmas das mãos 

é ser tão feliz

*


Nenhum comentário: