sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Diálogos Fictícios: A crise da salvação

Pedro – Você está desequilibrada emocionalmente Bruna.

Bruna – É tão visível assim Pedro?

Pedro – É, quando você começa a me procurar e me culpar e projetar todas as coisas boas e ruins em mim é porque você está na beira de uma crise.

 Bruna – Pois é Pedro, eu estou de novo na crise, na loucura de procurar onde você não está. Me dá uma luz. O que eu devo fazer pra me equilibrar novamente?

Pedro - Saiba que é você a culpada e a responsável pela sua existência e não eu. Apesar das pessoas nos influenciarem para o mal ou para o bem quem é responsável por sua vida é você. Eu sou apenas uma pessoa. Não sou seu salvador e não sou o seu algoz.

Bruna – Sim, as vezes eu gostaria que você me salvasse.

 Pedro – Eu não tenho esse poder Bruna.

*

Nenhum comentário: