quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Todo Amor


Eu queria que esse mundo acabasse
em uma explosão de luz.
Versos de luz navegariam na cidade
ao redor de todo amor.

E de repente todo tempo seria
um breve instante só, sem dó, sem nó.
E tudo que restou iniciaria um dia de sol.
A primeira coisa que desenharia
seria um verso ao redor de todo amor.




poema escrito em 6 de Outubro, 2009

Nenhum comentário: