terça-feira, 5 de julho de 2016

Poema para se libertar do tempo

te abraçar infinitamente 
como se amanhã não houvesse
te amar no tempo presente
sem medo do amor acabar
te fazer dançar em sorrisos
não se importar com o tempo
que passou, que passa, que vai passar
deixar estar o amor onde está
não te incomodar mais com a palavra amor
deixar ser o silêncio do jeito que deve
em silenciosa poesia de esperança 
no silêncio que jaz nos olhos

Nenhum comentário: